Quarta-feira 20 de Novembro, 2019
pesquisa
# # # # # # # # # #
#
Destaques
27 NOV, Ponte de Lima. Programa e inscrições aqui.
Dias 28 e 29 NOV, em Viana do Castelo. Veja aqui o programa.
Newsletter
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu e-mail.
Área reservada |
Notícias



BlueWays, o novo projeto de turismo náutico para descobrir o Alto Minho


A região do Alto Minho concentra uma rica e diversificada oferta turística que vai desde recursos naturais e de lazer, uma gastronomia singular, uma longa tradição associada ao vinho, até monumentos, tradições e costumes. Com o objetivo de valorizar e promover os percursos azuis no Alto Minho, nasceu o projeto "BlueWays” que é apresentado na próxima quinta-feira, dia 23 de maio, em Ponte da Barca.

Englobando todos os municípios do Alto Minho (Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira), este projeto pretende divulgar a rede de percursos azuis inseridos em espaços de conservação da natureza com uma grande importância para o turismo e economia. Durante este mês de maio, o projeto irá arrancar com várias atividades em meio aquático como o bodyboard, canoagem, canyoning, kitesurf, passeios de barco, rafting, stand up paddle (SUP), surf windsurf, pedestrianismo, hidrospeed e visitas a lagoas e cascatas. Depois, até outubro, prossegue com atividades e eventos em várias localidades do Alto Minho, associando as linhas de água como principal atração, que serão complementadas com atividades de observação de fauna e flora, passeios de todo o terreno, entre muitas outras possibilidades.

O evento de lançamento do “BlueWays” acontece no dia 23 de maio, no Largo dos Poetas, em Ponte da Barca, a partir das 11h00, com uma mesa redonda onde será apresentada a importância do projeto para a região e que contará com a participação de Augusto Marinho, presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca; de Cecilia Marques, representante da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho); de Luís Barros, da empresa Aktiva Natura; e de Manuel Costa, da empresa Tobogã. O moderador convidado é o coordenador de informação/ rádio no Centro de Produção do Norte da RTP, António Jorge.

De seguida, pelas 12h00, haverá uma conferência de imprensa presidida por José Maria Costa, presidente da CIM Alto Minho, e por Augusto Marinho, presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, onde irão explicar a importância do aproveitamento dos recursos naturais e como o projeto “Blueways” pode contribuir para o desenvolvimento dos produtos turísticos na região.

Este projeto é liderado pela CIM Alto Minho e tem como objetivo desenvolver um conjunto de ações de valorização e promoção das atividades de turismo náutico sustentável, associando ou complementando, de forma sustentável, integrada e coerente, atividades de rio, com atividades de mar e natureza. É um projeto a várias mãos, que envolve atores públicos, privados e associativos do Alto Minho, mas que, acima de tudo, pretende mostrar a riqueza do território, fomentando o crescimento do turismo de natureza da região. 

Através destas parcerias, o “Blueways” pretende mostrar, por exemplo, que uma família que venha descobrir Melgaço numa semana, pode realizar uma atividade de caminhada com uma empresa local, no dia seguinte fazer rafting no rio Minho, deslocar-se depois dois dias a Caminha, onde poderá pernoitar e realizar a descida do rio Coura em kayak e, no segundo dia, fazer um passeio a cavalo.

Com o apoio de agentes locais, o “BlueWays” pretende a valorização e promoção do turismo de natureza no Alto Minho, criando assim uma melhor oferta, orientada para os diferentes públicos-alvo da estratégia de valorização ecoturística da região. O projeto é cofinanciado pelo PO NORTE 2020.

Sobre o Blueways:
Este projeto é liderado pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho), e tem como objetivo geral o desenvolvimento e promoção sustentável de uma rede de percursos azuis inseridos em espaços de conservação da natureza presentes no Alto Minho, visando dar sequência a uma aposta clara e objetiva dos atores públicos, privados e associativos do Alto Minho, no sentido de desenvolver um conjunto de ações de valorização e promoção das atividades de turismo náutico sustentável, associando ou complementando, de forma sustentável, integrada e coerente, atividades de rio, com atividades de mar e natureza.


Os nossos sites