Sábado 25 de Fevereiro, 2017
pesquisa
# # # # # # # # # #
#
Newsletter
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu e-mail.
Área reservada |
Notícias
O Alto Minho apresentou entre 2014 e 2015 um ritmo de crescimento dos indicadores de procura turística superior ao dobro do registado ao nível nacional, com um aumento superior a 22% no número de hóspedes, a 25% nas dormidas e a 29% nos proveitos de alojamento. Estes dados recentemente divulgados no Anuário do Instituto Nacional de Estatística (INE) foram referenciados pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) no âmbito da ação promocional “Época BaixaAlto Minho” que decorreu no passado dia 10, 11 e 12 de fevereiro no Porto Welcome Center (PWC). Neste contexto, o Alto Minho encontra-se no Top 3 das regiões NUT III do Norte de Portugal com mais dormidas, número de hóspedes e proveitos de alojamento.
"Rotas Culturais como Investimento para o Crescimento e o Emprego" (Cult-RInG) é o nome do projeto de cooperação inter-regional europeu que foi lançado este mês, com o objetivo de promover e valorizar os investimentos em rotas culturais europeias. Liderado pela região da Macedónia Central, na Grécia, inclui, além da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho), outros parceiros europeus como a região do Lazio na Itália; a região Västra Götaland, na Suécia; Podkarpackie Regional Tourism Board, na Polónia; e Pafos Regional Conselho de Turismo, do Chipre.
Ação LandscapeFIRE: CIM Alto Minho promoveu ações de capacitação e inovação para a gestão de riscos à escala da paisagem
A CIM Alto Minho desenvolveu, entre novembro e dezembro deste ano, uma ação piloto de sessões de capacitação técnica sobre a temática do uso do fogo na gestão de combustíveis, tendo em vista a capacitação técnica na prevenção e gestão de incêndios florestais no Alto Minho.
Ministro adjunto reuniu-se com a CIM Alto Minho em Viana do Castelo
O ministro adjunto Eduardo Cabrita esteve no passado dia 12 de dezembro, em Viana do Castelo, a convite da CIM Alto Minho, com o pretexto de assinalar os 40 anos do poder local. Na agenda de trabalho estiveram vários temas em análise como as propostas de descentralização de competências, a valorização do papel das autarquias e das comunidades intermunicipais, o Acordo de Parceria “Portugal 2020” e o Programa Nacional para a Coesão Territorial.
Os nossos sites