Segunda-feira 20 de Agosto, 2018
pesquisa
# # # # # # # # # #
#
Destaques
De 2 julho a 30 setembro de 2018. Veja como participar. 
Newsletter
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu e-mail.
Área reservada |
Alto Minho FIRECAMP

        Seminário Final do Protec | Georisk - Proteção Civil e Gestão de Riscos no Alto Minho

“A Mudança Climática e o Risco Potencial dos Grandes Incêndios Florestais. Estamos preparados?”
14, 15 e 16 de maio de 2013 | CAE (Vila Nova de Cerveira)

Enquadramento | Programa PDF

PROGRAMA

DIA 14 MAIO - 3ª FEIRA
09:00 | Receção dos participantes e entrega de documentação
09:30 | Sessão de Abertura das Jornadas
José Carpinteira, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira

PAINEL I - O Papel da Administração Pública na Prevenção e Extinção de Incêndios Florestais
Moderador: José Marcos Liberal, Coordenador de Prevenção Estrutural do Distrito de Viana do Castelo (ICNF)

10:00–10:40 | “Análise de Riscos no Alto Minho, principais resultados e oportunidades”. Joaquim Mamede Alonso, ESA - IPVC
10:40–11:20 | “As políticas intermunicipais de gestão de riscos do Alto Minho. Júlio Pereira, Secretário Executivo da CIM Alto Minho

11:20–11:40 Intervalo para café

11:40–12:00 | “Enquadramento histórico e institucional da reabilitação do uso do fogo no Combate aos Incêndios Florestais na Sardenha” Salvatore Cabbidu, Corpo Forestale e di Vigilanza Ambientale
12:00–12:20 | “A experiência da Galiza na Prevenção e Combate a Incêndios Florestais. PLADIGA 2013”. Alonso Barreiro Filgueira, Secretaría Xeral do Medio Rural e Montes, Consellería do Medio Rural e do Mar Xunta de Galicia

12:20–12:40 | Debate

12:40–14:30 | Intervalo para almoço

PAINEL II - Dispositivo de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais
Moderador: Paulo Esteves, Comandante Operacional Distrital de Viana do Castelo, ANPC

14:30–14:50 | “Avaliação do Programa de Sapadores Florestais”. Manuel Rainha, ICNF
14:50–15:10 | “A importância do papel das Equipas de Prevenção Integrada de Incêndios Florestais (EPRIF) e das equipas de combate helitransportadas na Galiza”. Santiago Couceiro López, Diretor de C. NATUTECNIA S.L.
15:10–15:40 | “A importância da formação especializada dos bombeiros voluntários em matéria de incêndios florestais vs a necessidade de profissionalização”. José Ricardo Bismarck, 2º CODIS de Aveiro, ANPC

15:40–16:10 | Debate

16:10–16:30 | Intervalo para Café

16:30–16:50 | “A avaliação do papel da primeira intervenção do Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro da Guarda Nacional Republicana”. Vítor Hugo Machado Lima, Capitão da GNR
16:50–17:10 | “A formação e a intervenção das equipas da AFOCELCA nos incêndios florestais. Avaliação dos Resultados de Intervenção”. Orlando Ormazabal, Diretor Executivo da AFOCELCA

17:10–17:30 | Debate e encerramento do primeiro dia
Juan Lirón, Diretor GNP-AECT


DIA 15 MAIO - 4ª FEIRA
PAINEL III - A Meteorologia, a Mudança Climática e os Incêndios Florestais
Moderador: Guedes Marques, Coordenador da Unidade de Acompanhamento da Contratualização do ON.2

10:00–10:30 | “O papel da Meteorologia na Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais”. Ilda Novo, Instituto Português do Mar e da Atmosfera
10:30–11:00 | “A alteração climática e o surgimento dos Grandes Incêndios Florestais na Península Ibérica. Como atuar preventivamente?”. Rosa Planelles, Universidade Politécnica de Madrid

11:00–11:15 | Intervalo para café

11:15–11:45 | “Comportamento Extremo do Fogo: Interpretação e Segurança”. Domingos Xavier Filomeno Carlos Viegas, Universidade de Coimbra
11:45–12:15 | “As gerações de incêndios e análise da estratégia de extinção”. Marc Castellnou, Analista-chefe do GRAF - Bombeiros da Catalunha, Generalitat da Catalunha

12:15–12:45 | Debate

12:45–14:00 | Intervalo para almoço

PAINEL IV - O Fogo como uma ferramenta na Prevenção e no Combate
Moderador: Jaime Marta Soares, Presidente da Liga dos Bombeiros de Portugal*

14:00–14:30 | “A necessidade de uma Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível e as alternativas de prevenção infraestrutural”. Paulo Fernandes, Laboratório de Fogos Florestais – UTAD
14:30–15:00 | “A importância do fogo controlado como ferramenta para a gestão de combustíveis”. José A. Veja Hidalgo, Centro de Investigacións Forestais e Ambientais de Lourizán, Xunta de Galicia
15:00–15:30 | “Campbell Prediction System – uma linguagem para combatentes”. Domingo Molina Terrén, Unidade de Fogos Florestais, Universidade de Lleida 

15:30–15:45 Intervalo para café

15:45–16:15 | “A importância do papel do documentalista e analista de incêndios florestais”. Fernando Chico Zamora, Chefe da Unidade de Análise e Planificação de Incêndios Florestais, Bombeiros de Madrid
16:15–16:45 | “O fogo como ferramenta formativa e o fogo como recurso no combate aos incêndios florestais”. François Binggeli, Espaces Méditerranées

16:45–17:15 | Debate

17:30–Sessão de Encerramento das Jornadas
Júlio Pereira, Secretário Executivo da CIM Alto Minho, e Carlos Duarte, Vogal Executivo da Comissão Diretiva do ON.2


DIA 16 MAIO - 5ª FEIRA
SESSÃO DE INFORMAÇÃO TÉCNICA (a realização da sessão dependerá das condições climatéricas)
Moderador: Paulo Esteves, Comandante Operacional Distrital de Viana do Castelo, ANPC
09:30–11:30 | “Noções básicas do uso do fogo de supressão, segurança das manobras”. Santiago Couceiro López, Diretor de C. NATUTECNIA S.L.
11:30–12:00 | “A gestão da informação e comunicação do risco”. Jorge Molina, Assessor da Consejería de Agricultura y Medio Ambiente de Andalucía. Diretor de Comunicação da Consejería de Medio Ambiente de Andalucía 2002-2008
12:00–12:30 | Debate
12:30–13:30 | Intervalo para almoço
14:00–17:30 | Prática: Encosta da Armada - Sapardos (Concelho de Vª Nª de Cerveira)


* A confirmar


Os nossos sites