Terça-feira 22 de Agosto, 2017
pesquisa
# #
#
Newsletter
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu e-mail.
Área reservada |
Turismo e Recursos Endógenos

Minho Região Europeia da Gastronomia
O presente projeto visa intervir nos domínios do sector agroalimentar e da gastronomia que se revelam fundamentais para a promoção da inovação e da afirmação das apostas de especialização inteligente no território do Minho (NUTS III Alto Minho, Cávado e Ave, num total de 24 concelhos), apresentando como objetivo geral a “dinamização de um conjunto diversificado de iniciativas tendo em vista a valorização económica do MINHO enquanto região gastronómica de excelência”.
Tendo em conta o objetivo geral do projeto, foram definidos os seguintes objetivos específicos:
- Valorizar o potencial de desenvolvimento económico de uma base de atividades associada ao sector agroalimentar e gastronomia, fomentando a qualificação, inovação e capacitação em domínios chave dos principais recursos e /ou vocações produtivas territoriais.
- Maximizar o potencial de promoção do Minho enquanto destino gastronómico de excelência, fomentando a atratividade regional alicerçado na valorização e preservação dos recursos endógenos do Minho, promovendo a sua capacidade de adaptação às dinâmicas concorrenciais à escala global.
Nesse sentido, a operacionalização deste projeto prevê as seguintes ações:
- Na Ação 1 - Qualificação & Valorização da “Gastronomia do Minho” visando valorizar o potencial de desenvolvimento de uma base de atividades associada ao sector agroalimentar e à gastronomia nomeadamente, através da qualificação, inovação e capacitação em domínios chave dos principais recursos e /ou vocações produtivas territoriais.
- Na Ação 2 - Promoção Territorial do Minho enquanto Destino Gastronómico de Excelência, orientada para colmatar e/ou valorizar os principais fatores críticos associados à sua competitividade e eficiência coletiva. Neste âmbito, visa¬‐se contribuir para a promoção da atratividade regional, alicerçado na valorização e preservação dos recursos endógenos do Minho, promovendo a sua capacidade de adaptação às dinâmicas concorrenciais à escala global.
Cofinanciamento: Programa Operacional Regional do Norte “Norte 2020”
Montante de investimento: 1.375.623,22€
Situação Atual: Início de execução

Minho IN
A CIM Alto Minho é a entidade líder do consórcio Minho IN, formado conjuntamente com as comunidades intermunicipais do Ave e Cávado, envolvendo ainda a Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, as associações de desenvolvimento local (ADRIL, ADRIMINHO, ATAHCA, Sol Ave e PROBASTO) e centenas de promotores privados, com o objetivo de promover uma Estratégia de Eficiência Coletiva, partindo de uma visão consensualizada do desenvolvimento do Minho Rural, assente em quatro áreas económicas fundamentais (o ambiente, o turismo, o agroalimentar e a cultura/património).
Em torno destas quatro áreas temáticas foram definidos dez projetos âncora, que visam contribuir para o aumento da atratividade e competitividade do território, através da valorização económica dos seus recursos endógenos. São eles o Golfe Minho IN, Saúde e Bem-Estar, Competitividade e Empreendedorismo, Rota dos Vinhos Verdes, Artes e Produtos Tradicionais, Turismo de Natureza, promoção turística, Solares, Aldeias e Jardins e Novos Negócios da Terra.
Cofinanciamento: PROVERE - Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos
Montante de investimento: 14.600.000,00 euros
Situação atual: Concluído


Os nossos sites