Terça-feira 28 de Setembro, 2021
pesquisa
# # # # # # # # # #
#
Newsletter
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu e-mail.
Área reservada |
Protecção Civil, Riscos e Alterações Climáticas

INFO-RISK - Informar sobre os riscos associados às alterações climáticas no Alto Minho
O presente projeto tem por objetivo reforçar a capacidade de comunicação e disseminação de informação sobre os riscos associados às alterações climáticas (AC) no Alto Minho, contribuindo para: (i) o desenvolvimento de uma rede colaborativa de comunicação, disseminação e sensibilização sobre os riscos (vulnerabilidades e perigos) que podem ser desencadeados e/ou potenciados pelas AC; (ii) a produção e partilha de informação e know-how relativos, quer aos riscos associados às AC no Alto Minho, quer às boas práticas a adotar, tanto numa vertente de mitigação como de adaptação; (iii) a sensibilização, envolvimento e informação, quer da população em geral, quer dos atores regionais de diversos setores estratégicos, para os riscos associados às AC no Alto Minho, sendo que a respetiva operacionalização pressupõe a implementação de uma ação inovadora de comunicação, sensibilização e de capacitação de atores.
Cofinanciamento: Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR)
Montante de investimento: 86.354,61 €
Situação atual: Em execução

Protec|Georisk: Alto Minho 2020
Objetivo Principal: Melhorar o acesso às tecnologias da informação e da comunicação, bem como a sua utilização e qualidade.
Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos: A operação “Protec|Georisk: Alto Minho 2020” centrada na inovação para a preservação e gestão de riscos no Alto Minho tem como objetivo geral coordenar, capacitar e gerir a prevenção de riscos no Alto Minho através de processos inovadores de gestão adaptativa e monitorização à escala da paisagem, abrangendo nomeadamente as seguintes tipologias de ação: i) Ação 1 - Gestão da Informação e do Conhecimento para a prevenção de Riscos e Redes de Observação do Território; ii) Ação 2 - Coordenação Intermunicipal, Capacitação e inovação para a prevenção, proteção e gestão de riscos; e Ação 3 - Comunicação e Sensibilização de Riscos e Proteção Civil.
Região de Intervenção: NUT III Alto Minho
Entidade Beneficiária: Comunidade Intermunicipal do Alto Minho
Data de aprovação: 05-12-2016
Data de início: 17-03-2016
Data de conclusão: 21-03-2022
Cofinanciamento: Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR)
Custo Total Elegível: 951.973,60 €
Apoio Financeiro da União Europeia: 811.527,47 €
Situação atual: Em execução

GESVESPA: Estratégias de gestão sustentável da vespa velutina
A CIM Alto Minho integra este projeto do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), no qual se propõe um plano de investigação integrado procurando satisfazer as necessidades de investigação identificadas no "Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Asiática em Portugal", particularmente nas ações de vigilância ativa, monitorização e controlo, a desenvolver de forma colaborativa com instituições do SI&ID regional, com as comunidades intermunicipais, a FNAP e a DGAV. A área de intervenção abrange a NUT NORTE e os concelhos adjacentes da NUT CENTRO.
Cofinanciamento: Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR)
Montante de investimento: 411.665,00€ (projeto global)/ 23.020,00€ (CIM Alto Minho)
Situação atual: Concluído

Projeto Ariem 122+ - Asistencia Reciproca Interegional en emergencias y riscos transfronterizos
O projeto ARIEM PLUS, liderado pela Axencia Galega de Emerxencia, tem como objetivo central a definição de um Plano Territorial de Emergências transfronteiriças e criação de uma rede unificada de Comando Operacional para a gestão de recursos humanos e materiais em situações de risco que permitam, em conjunto, melhorar a gestão e a coordenação efetiva de emergências, destacando-se as seguintes atividades / ações: i) Identificação dos riscos territoriais, em especial os que decorrem da mudança climática (ex. incêndios florestais, cheias e inundações) e, paralelamente, a definição de um plano de mitigação desses riscos;ii) Reforçar a capacidade operacional incorporando novas tecnologias de informação e comunicação e novos meios e equipamentos para a prevenção e gestão de riscos (aquisição de 4 Kits de materiais perigosos e 8 Kits de apoio a salvamento).
Cofinanciamento: INTERREG VA
Montante de investimento: 4.193.520,00€/ Investimento CIM: 328.900,00€
Situação atual: Em execução 

Alto Minho AdaPT – Plano Intermunicipal de Adaptações Climáticas do Alto Minho
O presente projeto tem por objetivo reforçar as capacidades de adaptação às alterações climáticas dos municípios do Alto Minho, abrangendo as seguintes duas ações: (i) Ação 1 - Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Alto Minho (PIAAC do Alto Minho) – Diagnóstico, Modelação e Plano de Ação e (ii) Ação 2 - Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Alto Minho (PIAAC do Alto Minho) – Comunicação, Capacitação e Sensibilização
Cofinanciamento: Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR)
Montante de investimento: 161.481,80€
Situação atual: Concluído
Ficha de projeto

PROTEC|GEORISK – Protecção Civil e Gestão de Riscos no Alto Minho
O objectivo central deste projecto, aprovado pelo ON.2, em 2010, e do qual a CIM é Chefe de Fila, consiste no desenvolvimento de atividades de Proteção Civil Municipal, nomeadamente, na componente de modelação da cartografia de localização e integração dos riscos naturais, mistos e tecnológicos identificados para o território do Alto Minho.
A materialização deste objetivo passou, nomeadamente, (i) pelo apoio técnico no processo de revisão interna dos Planos Municipais de Emergência e Proteção Civil Municipais, ii) pelo acompanhamento técnico de um projeto-piloto de tipificação e gestão de incêndios florestais no Alto Minho em colaboração com a fundação PAU COSTA e, por último, (iii) no encontro presencial com uma equipa de especialistas em manutenção do pastoreio e controlo de incêndios florestais da região da Aquitaine, envolvendo igualmente um workshop de trabalho onde participaram cerca de 20 técnicos especialistas e estiveram representadas 11 entidades e associações.
Cofinanciamento: Programa Operacional Regional do Norte - O Novo Norte
Montante de investimento: 302.286,75 euros
Situação atual: Concluído

Proteção e Segurança dos Agentes de Proteção Civil do Alto Minho
Operação candidata ao POVT (Programa Operacional Temático Valorização do Território ), com o objetivo de equipar de forma transversal, integrada e uniforme 50% do quadro ativo dos corpos de bombeiros profissionais e voluntários do Alto Minho, correspondendo de uma forma geral à aquisição de equipamentos para cerca de 344 elementos das referidas corporações.
Situação atual: Concluído


Os nossos sites